Há exatos 30 anos a família Okajima chegava ao município de Paragominas. Vindos de Castanhal, nordeste do Pará, os Okajimas trouxeram consigo primeiro a ideia do plantio de pimenta, porém, em 2010 uma nova experiência começou a sair do papel: o plantio do cacau. Sendo assim, aproximadamente 160 hectares da propriedade da família de origem japonesa em território paragominense foram dedicados ao plantio do cacau.

Hoje, passados 11 anos do começo dessa experiência, a cultura se solidificou e se tornou o grande negócio da família. Segundo Cláudio Okajima, produtor rural, “foi importante ter acontecido o primeiro Dia de Campo, para mostrar a evolução do plantio a partir do trabalho em parceria com a Prefeitura de Paragominas, sendo uma experiência extremamente positiva, principalmente porque se vê que tem muita gente interessada por essa cultura”.

Há exatos 30 anos a família Okajima chegava ao município de Paragominas

Trata-se de mais um incentivo para que haja investimentos para que o Pará continue na frente na produção nacional de cacau”, completou. Em 2017, foi implantado um projeto piloto pela gestão municipal, por meio da Semagri, que começou a incentivar o plantio e o estudo da cultura no município. O engenheiro agrônomo Abimael Oliveira, que vem acompanhando o projeto desde de sua implantação, ressalta que, à época, o acompanhamento teve início com 60 hectares e, em quase 4 anos, já são 200 hectares plantados.

O secretário de Agricultura do município, Renan Ohse, deixou claro a importância do evento que contou com a participação de pequenos, médios e grandes produtores de grãos. Renan comemora a vinda de produtores de Tomé Açu, município que estimula a cultura do cacau há bastante tempo, e tem contribuído com uma troca positiva de experiências. O secretário municipal também agradeceu pela parceria com entidades que ajudaram o evento a sair do papel, entre elas Senar, Faepa, Adepara e Embrapa.

Renan Ohse, Secretário de Agricultura do Município de Paragominas.

Para o prefeito de Paragominas, Lucídio Paes, “é importante incentivar o aumento de produção para que o produtor familiar possa plantar cacau como uma fonte de renda alternativa e, por isso, a Prefeitura, por meio da Semagri, mantém esse trabalho para que se crie um mecanismo visando tornar Paragominas uma cidade detentora da certificação de região produtora de cacau ainda em 2021”. Com isso, Paragominas terá uma distribuição de sementes com maior qualidade, melhorando ainda mais o cacau da região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapanesePortugueseSpanish